Cobol a caminho da modernização, não da aposentadoria

Photo by Anders Jildén on Unsplash

A Micro Focus apresentou esse mês algumas conclusões da sua Global Survey, uma pesquisa que a empresa conduz de tempos em tempos para avaliar tendências e estratégias do mundo corporativo envolvendo Cobol e outras tecnologias relacionadas aos mainframes.

A pesquisa confirma dados coletados em 2017 e indica que 70% das empresas consultadas aposta na modernização do portfólio de aplicações críticas escritas em Cobol, e não na substituição ou aposentadoria. Um dos motivos apontados é que essa tecnologia continua sendo um meio eficaz e de baixo risco para apoiar estratégias de transformação digital.

Chris Livesey, Vice Presidente Sênior de Modernização e Conectividade de Aplicativos da Micro Focus, afirma que é possível perceber essa busca por modernização leva a mudanças tanto de plataforma quanto de processos para entrega de aplicações nessa linguagem. “E como seu uso continua crescendo, as credenciais do COBOL como uma tecnologia digital forte parecem estar definidas por mais uma década”, completa Livesey.

A pesquisa

A pesquisa ouviu arquitetos, engenheiros de software, desenvolvedores, gerentes de desenvolvimento e executivos de TI de 40 países sobre a importância estratégica dos aplicativos escritos em COBOL para seus negócios, roadmaps e planejamento de aplicativos futuros, bem como seus conjuntos de ferramentas de desenvolvimento e recursos.

As principais conclusões da pesqusa são:

  • A modernização continua a impulsionar a mudança estratégica de negócios, e essa modernização pode assumir várias formas: (1) 53% dos entrevistados planeja modernizar seus aplicativos e aumentar a integração de sistemas desenvolvidos em COBOL; (2) 37% pretendem fazer esforços para modernizar seus processos; (3) outros 38% pretendem investir em modernização de infraestrutura.
  • O COBOL está no coração da estratégia de modernização: 63% dos entrevistados afirma que optarão em 2020 por melhorar seus sistemas existentes em COBOL. Além disso, na pesquisa atual 92% sentem que as aplicações COBOL de suas empresas são estratégicos, em comparação com os 84% que afirmaram a mesma coisa na pesquisa realizada em 2017.
  • O ecossistema de TI continua a evoluir, e o COBOL está estrategicamente alinhado com essa evolução. 42% dos entrevistados acreditam na nuvem como uma plataforma central e viável para apoiar a agenda de negócios, em comparação com 30% da pesquisa de 2017. O cenário evolui, o COBOL permanece vital em novos ecossistemas e sua evolução contínua é um elemento fundamental da mudança de TI e negócios.
  • Sistemas baseados em COBOL estão em crescimento: Quando perguntados sobre os planos das empresas para o COBOL em 2020, 63% dos entrevistados declararam que estão planejando modernizar seus sistemas e aplicações com foco em funcionalidade e processo. Esse dado é reforçado pelo aumento no número de linhas de código desde a pesquisa anterior: em 2017 havia uma base de 8,4 milhões de linhas COBOL nas empresas respondentes e em 2020 esse número saltou para 9,9 milhões. Isso mostra investimento contínuo, reuso e expansão dos sistemas de missão crítica.

Conclusão

É comum ver em alguns papers uma concepção um pouco simplista sobre o caminho em busca de digitalização de negócios e modernização de TI. Modernizar não necessariamente passa pela redesenvolvimento completo de um sistema COBOL em outra linguagem e/ou plataforma, e isso, no fim das contas é o que mostra essa pesquisa da Micro Focus.

Portar um sistema crítico escrito em COBOL para a núvem, colocá-lo em containers, automatizar seu delivery e integrá-lo a outras tecnologias (como C, Java, XML ou REST) pode ser não só tecnicamente viável mas também economicamente vantajoso.

E a alta legibilidade, adaptabilidade e portabilidade do COBOL talvez possam explicar isso.

Fontes:

Micro Focus Survey Finds COBOL Modernization at Center of Strategic Business Change

COBOL Developers Want to Stick with the Aging Language (Nick Kolakowski)


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *