Reconhecimento

A linguagem COBOL apresentada neste livro tem como base os padrões estabelecidos pela International Standard Organization (ISO). Em atendimento às suas recomendações, reproduzimos abaixo, integralmente, a seguinte nota de reconhecimento:

“Qualquer organização interessada na reprodução do relatório sobre o Cobol e em especificações completas ou em parte, usando ideias tiradas deste relatório como bases para um manual de instruções ou para qualquer outro fim, é livre para fazê-lo. Contudo, todas essas organizações serão obrigadas a reproduzir esse reconhecimento como parte da introdução do documento. Aqueles que usarem pequenos trechos, como em revisão de livros, estão obrigados a mencionar ‘COBOL’ em reconhecimento àquela fonte, mas não precisam citar toda essa seção.

“COBOL é uma linguagem de programação industrial e não é propriedade de nenhuma companhia ou grupo de companhias, ou de alguma organização ou grupo de organizações.

“Nenhuma garantia expressa ou implícita é feita por nenhum colaborador ou pelo comitê do COBOL quanto à precisão e funcionamento do sistema de programação e linguagem. E, ainda, nenhuma responsabilidade é assumida por qualquer colaborador ou comitê associado.

“Foram estabelecidos procedimentos para a manutenção do COBOL. Consultas a respeito dos procedimentos para propor alterações, devem ser enviadas diretamente ao Executive Committee of the Conference on Data Systems Languages.

“Os autores e os detentores dos direitos autorais da matéria aqui usada –FLOW-MATIC (Marca Registrada da Sperry Rand Corporation), Programação para Univac (R) I e II, direitos autorais sobre Data Automation Systems em 1958 e 1959 pela Sperry Rand Corporation; direitos autorais sobre IBM Commercial Translator Form No. F 28-8013 em 1959 pela IBM; FACT, DSI 27A5260-2760, com direitos autorais em 1960 pela Minneapolis-Honeywell –autorizaram especificamente o uso desta matéria, total ou parcialmente, nas especificações em COBOL. Tais autorizações se estendem à reprodução e uso das especificações do COBOL em manuais de programação e publicações similares.”


Anterior Conteúdo Próxima