O que o z13 tem que os outros não têm?

A IBM lançou em janeiro de 2015 o mais novo mainframe da família z System: o z13. Depois de um projeto de cinco anos, US$ 1 bilhão em investimentos, 500 novas patentes e um trabalho que contou com a colaboração de cerca de 60 clientes, esta máquina promete elevar (e muito) a régua a ser superada pelos  grandes servidores.

Continuar lendo O que o z13 tem que os outros não têm?

Em busca da bala de prata

Em 1986, Frederick Brooks escreveu um artigo onde afirmava que, na década seguinte, não surgiria nenhuma técnica de gestão ou evolução tecnológica capaz de aumentar a produtividade, a confiabilidade e/ou a facilidade para desenvolver software.

Mais de vinte anos depois, essa afirmação ainda é válida? Ou continuamos, como dizia o autor, tentando resolver problemas acidentais e não essenciais?

Continuar lendo Em busca da bala de prata

O primeiro algoritmo da História

Programar às vezes é frustrante. Quantas vezes codificamos um programa que consideramos perfeito, ou construímos aquele sistema redondo, que simplesmente não entra em produção por “mudanças nas prioridades do cliente”? Ou temos a solução toda pronta na cabeça e assim que o projeto começa e novos profissionais são incorporados à equipe tudo vira uma colcha de retalhos completamente diferente daquilo que havíamos imaginado?

Não sei se serve de consolo, mas não somos o primeiro a passar por isso.

Continuar lendo O primeiro algoritmo da História

O que os cursos de computação não ensinam?

Por que uma profissão que parece ser nossa vocação natural e que já nos fez virar noites por puro preciosismo uma dia começa a dar sinais de que consumiu nosso combustível além da reserva?

Continuar lendo O que os cursos de computação não ensinam?