O que não pode faltar (nem sobrar) no seu currículo

A maioria das equipes trabalha hoje em dia no limite da sua capacidade. A ordem, para o bem e para o mal, é fazer o máximo com o mínimo possível de recursos. Por esse motivo, quando surge uma vaga para analista ou programador – seja para reposição seja por expansão dos serviços – os recrutadores se vêem numa verdadeira gincana para encontrar rapidamente o profissional certo para a vaga.

Muita gente fala isso mas nunca é demais repetir: nessa hora, seu currículo tem que ir direto ao ponto se você quiser vender o seu produto.

Continuar lendo O que não pode faltar (nem sobrar) no seu currículo

IBM promove concurso sobre mainframes

A IBM vem promovendo nos últimos dez anos um concurso chamado “Master the Mainframe”, voltado para o ensino da Ciência da Computação e desenvolvimento de habilidades na plataforma mainframe.

Mais de 85.000 estudantes de 70 países já participaram do concurso.

Continuar lendo IBM promove concurso sobre mainframes

Como se destacar no mercado da programação?

Se você imaginou que dominar profundamente uma tecnologia é o caminho para se destacar no mercado, você está parcialmente correto. O caminho sem dúvida passa por aí, mas existem algumas outras características que podem ser até mais importantes.

Continuar lendo Como se destacar no mercado da programação?

Em busca da bala de prata

Em 1986, Frederick Brooks escreveu um artigo onde afirmava que, na década seguinte, não surgiria nenhuma técnica de gestão ou evolução tecnológica capaz de aumentar a produtividade, a confiabilidade e/ou a facilidade para desenvolver software.

Mais de vinte anos depois, essa afirmação ainda é válida? Ou continuamos, como dizia o autor, tentando resolver problemas acidentais e não essenciais?

Continuar lendo Em busca da bala de prata

O primeiro algoritmo da História

Programar às vezes é frustrante. Quantas vezes codificamos um programa que consideramos perfeito, ou construímos aquele sistema redondo, que simplesmente não entra em produção por “mudanças nas prioridades do cliente”? Ou temos a solução toda pronta na cabeça e assim que o projeto começa e novos profissionais são incorporados à equipe tudo vira uma colcha de retalhos completamente diferente daquilo que havíamos imaginado?

Não sei se serve de consolo, mas não somos o primeiro a passar por isso.

Continuar lendo O primeiro algoritmo da História

O que os cursos de computação não ensinam?

Por que uma profissão que parece ser nossa vocação natural e que já nos fez virar noites por puro preciosismo uma dia começa a dar sinais de que consumiu nosso combustível além da reserva?

Continuar lendo O que os cursos de computação não ensinam?